5 dias em Floripa – day 5

(Ir para: dia 1 / dia 2 / dia 3  / dia 4 em Floripa)

Meu ultimo dia em Floripa. Milagrosamente amanheceu um dia maravilhoso! Queria aproveitar esse ultimo dia… então eu, minha amiga de Fortaleza, a Erika e o meu amigo alemão, o Daniel fomos para o Matadeiro.

Eu já tinha ido nessa praia quando eu vim no ano passado.

A praia do Matadeiro fica depois da Praia da Armação no sul da ilha. A Praia da armação é onde saem os barcos para a Ilha do Campeche.

Ilha do Campeche - Florianópolis

Ilha do Campeche - Florianópolis

Definitivamente a Ilha do Campeche foi o melhor passeio que fiz em Floripa. Mas é um passeio de dia inteiro e como o Daniel tinha aula de português não iria dar tempo. A Ilha é meio paradisíaca. Fui fora da temporada e tinha só umas 10 pessoas. A água é aquele azul caribenho e a areia bem branquinha… Na Ilha não tem nada de estrutura. Temos que levar o que queremos consumir. Um guia vai junto e faz uma trilha mostrando o outro lado da ilha e também tem inscrições rupestres. Muito legal!

Curiosidade: O nome da praia da Armação é porque antigamente quando era permitido a caça das baleias os pescadores faziam armadilhas na Armação e as matavam no Matadeiro.

Praia da Armação vista da praia do Matadeiro - Florianópolis

Praia da Armação vista da praia do Matadeiro - Florianópolis

praia do Matadeiro - Florianópolis

praia do Matadeiro - Florianópolis

E foi a praia do Matadeiro escolhida para passar o dia hoje. Não se chega de carro, de moto ou bicicleta. Para chegar nela tem que cruzar um rio. Se a maré estiver baixa se consegue cruzar a pé. Caso contrario tem uma ponte e uma trilha.

Rio que separa a praia da Armação e praia do Matadeiro - Florianópolis

Rio que separa a praia da Armação e praia do Matadeiro - Florianópolis

A Praia é de surfista, tem onda, mas é maravilhosa. A água estava gelada mas deliciosa.

Depois passei no hostel, fiz check out, arrumei as malas e fui com a Erika no restaurante mais famoso de Floripa, o Arantes que fica na praia do pântano do sul. Pedimos a sequencia de camarão.

Bar Arante - Florianópolis

Bar Arante - Florianópolis

O restaurante é famoso pelos clientes deixarem papeizinhos colados na parede e no teto que fazem parte da decoração. Tem uma lojinha/ café atrás e as histórias que ouvimos falar foram as melhores.

dentro do Bar Arante - Floripa

dentro do Bar Arante - Floripa

O garçon que atendeu a gente, o Tuca tem uma história que foi pescar  quando tinha 15 anos e pegou um peixe com mais de 100 Kg, era um tubarão. Na hora pensamos: “história de pescador!” mas tinha até foto comprovando a história.

Sequencia de Camarão Bar Arante - Floripa

Sequencia de Camarão Bar Arante - Floripa

Sequencia de Camarão continuacao Bar Arante - Floripa

Sequencia de Camarão continuacao Bar Arante - Floripa

E por essas e por outras eu amei Florianópolis. Uma capital estadual com um ar de cidade de interior com pessoas muito receptivas, com praias paradisíacas e que deixa um gostinho de quero mais.

Depois de passar 3 horas almoçando com a Erika ela me deixou no aeroporto e voltei pra casa…

(Ir para: dia 1 / dia 2 / dia 3 / dia 4 em Floripa)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s