5 dias em Floripa – day 2

(Clique aqui e saiba como foi o primeiro dia em Floripa)

Hoje eu encontrei com um amigo que mora em floripa e fui na Praia Mole. O dia estava maravilhoso. A Praia Mole é uma praia com onda e água gelada mas deliciosa.

Tem uns bares e restaurantes na beira da praia. Parece que na alta estação a praia fica lotada…  Fiquei só tostando na areia e dei uma caminhada até o final da praia.

O final da praia ficou conhecido como um point gay. Depois da praia mole tem a praia da Galheta que o único meio de chegar por ela é a pé através da praia mole. A Galheta é uma praia de nudismo. Fiquei acanhada de ir até lá. Vai ficar para a próxima…

O meu amigo foi trabalhar e fui almoçar no Café Colonial. Maravilhoso! Pedi um Salmão grelhado com risoto de espinafre. O ambiente é bem agradável, o cardápio é variado. Tinha uns doces expostos que fiquei com muita vontade de voltar para comer a sobremesa.

Salmão do Café Colonial em Florianópolis

Salmão do Café Colonial em Florianópolis

A tarde eu tinha planejado de ir para a Costa da Lagoa. Quando eu vim aqui no ano passado fui até a costa da Lagoa a pé – fica uns 5 Km e uma hora e meia de caminhada. Lembro que não levei água pois pensei que a trilha fosse leve. É um pouco puxadinha. Quase morri de sede. No caminho dei de cara com uma cobra coral.

entrada trilha costa da lagoa - florianópolis

entrada da trilha para a Costa da Lagoa

Por muito pouco eu não pisei em cima dela. Foi por isso que me dei conta que talvez fazer uma trilha aqui em Florianópolis sozinha não seja muito uma boa idéia.  Para chegar na costa da Lagoa existem duas formas: ou vc faz a trilha ou vc pega um barco. Como eu não queria repetir a minha experiência nada prazerosa, achei melhor pegar o barco. O inconveniente é que sai apenas de hora em hora e acabei perdendo o barco.

cachoeira costa da lagoa - florianópolis

Cachoeira da Costa da Lagoa - Florianópolis

vista do restaurante da Costa da Lagoa - Florianópolis

vista do restaurante da Costa da Lagoa - Florianópolis

Acabei voltando para o Tucano Hostel e fiquei na piscina tomando caipirinha do Manão. Tinha combinado de sair a noite com esse meu amigo de floripa. Estava na expectativa dele me levar num restaurante super tradicional, comida típica ou coisa do tipo. No final levei um fora e acabei jantando no hostel que era dia de Australian Burguer. O Juca que fez tudo inclusive a carne. Só não fez o pão. O problema que a comida aqui é tão boa e tão barata que realmente não compensa comer em outro lugar.

 

Repousando no albergue tomando caipirinha - Tucano House Florianópolis

Repousando no albergue tomando caipirinha - Tucano House Florianópolis

 

Eu não sou uma pessoa muito baladeira. Gosto de uma boa comida, uma boa bebida mas não gosto de sair para chegar de madrugada, ficar cansada no outro dia. Não gosto de muvuca, lugar quente e fechado. Mas hoje era dia de forró e esse é o meu ponto fraco. Eu adoro dançar forró. Quase não existe lugar que tenha forró e não seria hoje que perderia essa oportunidade.

Fui para o forró, na Joaquina. Dancei até não agüentar mais, cheguei 4 da manhã no hostel cruzando as pernas. Amo Floripa!

Quer saber o que aconteceu no terceiro dia? Clique aqui

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s