Minhas Top 10 de Brasília

Inaugurada oficialmente em 1960, a capital nacional é hoje a quarta cidade mais populosa do país com mais de 2,5 milhões de habitantes.

As opções de lazer são inúmeras, mas fiz a minha lista das coisas que mais gostei nos poucos dias que passei em Brasília:

10 – Barzinhos

A cidade possui milhares de barzinhos espalhados por todo o “Plano Piloto” . Minha escolha foi o Armazém do Mineiro, boteco com fotografias antigas de Belo Horizonte, um cardápio gigante de cachaças e as mais apetitosas comidas típicas mineiras. Acompanhado de um gelado chopp Brahma, recomendo muitíssimo o escondidinho de carne seca que serve duas pessoas e a cachaça Biquinha!

cachaça Biquinha, uma ótima pedida...

9 – CCBB (Centro Cultural Banco do Brasil)

Em um prédio grande e moderno, o centro cultural abriga mostras de cinema, peças de teatro e alguns cursos relacionados à arte. O lugar é lindo, possui também uma ótima livraria e um café que serve refeições vistosíssimas de darem água na boca. Assisti duas sessões do Festival Animamundi e aproveitei o intervalo para tomar um expresso bom, barato e muito bem apresentado!

o biscoito amanteigado e a água com gás são detalhes que surpreenderam!

No jardim, algumas esculturas convidam os visitantes a interagirem, e porque não voltar à infância, com o labirinto azul que termina (ou começa) em um escorregador!

escorregador azul!

8 – Ponte JK

“Inaugurada em 15 de dezembro de 2002, a ponte rapidamente virou mais um ícone de Brasília estampado em cartão postal, especialmente à noite, quando sua teatralidade fica ainda mais em destaque. Devido a qualidades estéticas e harmonia ambiental da Ponte JK, o arquiteto da obra, Alexandre Chan, recebeu em 2003 a Medalha Gustav Lindenthal, outorgada pela Sociedade dos Engenheiros do Estado da Pensilvânia, Estados Unidos. Por causa deste prêmio, a estrutura ficou localmente conhecida como a ponte mais bela do mundo.” fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Ponte_Juscelino_Kubitschek

7 – Ipês brancos e amarelos

Nessa época do ano, durante o mês de setembro, chamam a atenção os milhares de ipês que enfeitam as avenidas da cidade! Achei os brancos muuuito chiques e os amarelos dão um colorido que, contrastando com o céu azul e as folhas verdes de outras árvores, propiciam um clima patriótico bem a ver com a Capital Federal!

Agradecimentos especiais à fotógrafa Cynthia Lima!

6 – Catedral Nossa Senhora Aparecida

“Projetada pelo arquiteto Oscar Niemeyer, sua pedra fundamental foi lançada em 12 de setembro de 1958. Teve sua estrutura pronta em 1960, onde apareciam somente a área circular de setenta metros de diâmetro, da qual se elevam dezesseis colunas de concreto (pilares de secção parabólica) num formato hiperboloide, que pesam noventa toneladas. (…) Na praça de acesso ao templo, encontram-se quatro esculturas em bronze com três metros de altura, representando os evangelistas. (…) No interior da nave, estão as esculturas de três anjos, suspensos por cabos de aço. As dimensões e peso das esculturas são de 2,22 m de comprimento e cem kg a menor; 3,40 m de comprimento e duzentos kg a média e 4,25 m de comprimento e trezentos kg a maior. (…) O altar foi doado pelo papa Paulo VI e a imagem dapadroeira Nossa Senhora Aparecida é uma réplica da original que se encontra em Aparecida – São Paulo.” Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Catedral_Metropolitana_de_Bras%C3%ADlia

5 – Memorial JK

Mais uma das obras projetadas por Oscar Niemeyer, o memorial foi inaugurado em 1981 e dedicado ao ex-presidente brasileiro Juscelino Kubitschek fundador da cidade de Brasília. No local, encontram-se o corpo de JK, diversos pertences, como sua biblioteca pessoal, e fotos tanto dele como de sua esposa Sarah.

Essa obra foi objeto de duras críticas de setores reacionários, que viam no monumento referência a um dos símbolos do comunismo, ideologia do arquiteto: a foice e o martelo.

4 – Congresso Nacional

É possível fazer uma visita guiada e conhecer um pouquinho mais de como funciona a política nacional pelos corredores do prédio.

As visitas são gratuitas e acontecem todos os dias, inclusive aos sábados, domingos e feriados, das 9h30 às 17h, sem interrupções, com saídas de grupos a cada 30 minutos, a partir do Salão Negro.

A entrada é feita pela rampa, na frente do Palácio que fica voltada para a Esplanada dos Ministérios.

Os grupos são conduzidos por uma equipe de monitores das duas Casas legislativas e percorrem um roteiro que mostra os pontos principais do Congresso. Durante o percurso são abordados temas como a arquitetura do Palácio, a história, o papel, a estrutura e o funcionamento do Legislativo no Brasil.

Para visitantes individuais ou pequenos grupos não é necessário agendamento prévio. Chegando ao Salão Negro, basta esperar o início da próxima visita guiada.

Vale lembrar que é melhor evitar usar qualquer outra roupa que deixe as pernas à mostra. Nos dias em que há trabalho parlamentar nas Casas, os Regimentos Internos não permitem a entrada de visitantes trajando shorts, bermudas, calças “Capri” ou “Corsário”, camisetas sem mangas ou chinelos. Estas restrições não se aplicam a crianças menores de doze anos.

“O Congresso Nacional é o órgão constitucional que exerce, no âmbito federal, as funções legislativa e fiscalizatória do Estado Brasileiro, como funções típicas. Exerce, ainda, duas outras funções atípicas: administrar e julgar. O Congresso Nacional é bicameral, sendo composto por duas casas: o Senado Federal e a Câmara dos Deputados. Isso ocorre em razão da forma de estado adotada pelo país: o federalismo. Assim, o Senado Federal representa os Estados-membros, e os seus integrantes são eleitos pelo sistema majoritário. A Câmara dos Deputados representa o povo, sendo os seus membros eleitos pelo sistema proporcional.” – fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Congresso_Nacional_do_Brasil

3 – Esportes Aquáticos no lago Paranoá

Existem equipamentos para diversos esportes como Stand Up Paddle (R$20,00/hora), Wakeboard, Kitesurf, Windsurf, entre outros disponíveis para aluguel no Clube das Nações que fica no Setor de Clubes Sul às margens do lago. Com o clima seco da cidade e o visual, esse é um ótimo refresco ao corpo e `a mente.

2 – Vista da Torre de TV

A vista 360 graus da cidade é imperdível! E o melhor: é de graça… Um elevador com capacidade para 23 pessoas leva os turistas a 75 metros de altura para o mirante panorâmico.

Em frente à Torre, uma feirinha de artesanatos, bibelôs e comidas acontece diariamente e é o melhor lugar para se comprar lembrancinhas da cidade. Na pracinha de alimentação, minha dica é a tapiocaria, uma opção barata e deliciosa!

a feirinha vista do alto da Torre de TV

1 – Lusco-fusco

Seja no nascer ou pôr do sol, aqueles momentos mágicos em que as cores adquirem um tom mais turquesa, lilás e laranja são algo inesquecível! Com o clima seco, esse é o momento perfeito para fazer esportes e se emocionar com a vista!

Anúncios

One thought on “Minhas Top 10 de Brasília

  1. Adorei Ana!!! Acho que em pouquíssimo tempo vc captou o que é BSB, e mais importante, deixou bem claro que é uma cidade super habitável e que a corja do Congresso é apenas um detalhe 🙂
    Eu que virei Brasiliense de coração, amei! E fique orgulhosa com a minha humilde fotinho… Hehehehe
    Quando quiser repetir a dose, me avise que eu te guio de carro!!! 😉
    Te garanto que dá pra fazer um top 20 da cidade e um top 30 da região! Fica a dica!! Hehehe
    Bjos e parabéns pelo trabalho!

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s